domingo, 29 de novembro de 2015

Tratamento através dos meridianos tendino-musculares - parte 1

Definição
Segundo a Medicina Tradicional Chinesa os canais tendino-musculares são canais de energia secundários, superficiais e de característica Yang.  Eles são supridos de energia por: canais principais, Distintos, Luo e vasos maravilhosos.  Eles tem grande influência sobre os músculos e tendões e articulações, caso haja um comprometimento desse canal essas estruturas serão afetadas.
Eles tem sua origem nos pontos Ting dos 12 meridianos principais, após percorrerem as articulações músculos e tendões eles se tornam superficiais e ramificam-se em pequenos canais de energia, canais esses onde se situa o ponto de dor (Ashi).
Os meridianos tendino-musculares são a primeira barreira de defesa do nosso organismo ao agente agressor externo.
Diagnóstico
Deve localizar o ponto da dor e observar qual o meridiano tendino-muscular passa no local da dor.

Meridiano Bexiga 
Meridiano Vesícula Biliar





terça-feira, 20 de outubro de 2015

Tratando a Diarreia com a Auriculoterapia

Palavras-chave: Diarreia, pontos e Auriculoterapia

Na Medicina Tradicional Chinesa é conhecida como "Xie Xie", é classificada em duas categorias, são elas: Diarreia aguda e Diarreia crônica. A Diarreia aguda geralmente está ligada com: invasão de agentes patogênicos externos (umidade, calor, frio), alimentação, bactérias, parasitas ou vírus. É classificada como uma síndrome de excesso. A Diarreia crônica está ligada com; debilidade do "Pi" e "Wei", preocupação excessiva, invasão transversal de Qi do "Gan" ao "Pi" e "Wei" e deficiência do "Yang" do "Shen".
  
Pontos propostos para tratamento
Reto 
Intestino Grosso
Shemen
Occipital
Endócrino
Baço e simpático

Pontos secundários
Deficiência de Yang do Pi e Shen - Rim
Ataque transversal do Qi do "Gan" - Fígado
Debilidade do Pi e Wei - Estômago e Intestino Delgado


Referências
GARCÍA, Ernesto González. Auriculoterapia: escola Huang Li Chun. São Paulo: Roca, 1999.

O que é Auriculoterapia?

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Tratando a Rinite Alérgica com a Auriculoterapia

Palavras-chave: Rinite alérgica, auriculoterapia
É a inflamação da mucosa nasal causada por algum agente agressor, provocando: coriza, lacrimejamento dentre outros sintomas. Segundo a medicina ocidental as pessoas que são acometidas dessas doença herdaram a mesma de seus pais. Segundo a Medicina tradicional chinesa a rinite alérgica pode ter ser causada pela deficiência ou no excesso. Quando causada pelo excesso ela pode ser causada pela invasão de vento-calor ou vento-frio. Quando causada pela deficiência ela pode ser causada pela deficiência do WEI QI ou pela deficiência do Yang do Shen.

Pontos propostos para o tratamento
Nariz interno
Pulmão
Supra-renal
Alergia
Endócrino
Sangria no ápice
Baço e Rim (em caso de deficiência)


Referências
GARCÍA, Ernesto González. Auriculoterapia: escola Huang Li Chun. São Paulo: Roca, 1999.
http://drauziovarella.com.br/respirar/rinite-alergica/

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Tratando a Ciatalgia com a Auriculoterapia

Palavras chave: Ciatalgia, auriculoterapia, pontos e dor.

Pra quem já sofreu essa dor nunca vai esquecer. Geralmente ela se apresenta como uma dor muito forte que se inicia na região lombar, passa pela nádega e se irradia até a perna. A dor piora quando a pessoa flexiona o quadril, caminha ou faz outras atividades. Segundo a Medicina Tradicional Chinesa a ciatalgia é considerada uma síndromes Bi e está relacionada com a invasão do vento, frio, umidade, calor ou devido traumas que levam a obstrução dos canais que conduzem Qi e Xue.

Pontos propostos para o tratamento
Ciático
Glúteos
Shen Men
Bexiga
Rim
Fígado
Vesícula biliar


Referências
GARCÍA, Ernesto González. Auriculoterapia: escola Huang Li Chun. São Paulo: Roca, 1999.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Tratando o Torcicolo com a Auriculoterapia

Palavras chave: Auriculoterapia, torcicolo, pontos e dor.

Quem nunca teve aquela dor no pescoço depois de uma noite de sono ou depois de um dia de trabalho. 
Segundo García (1999), geralmente é provocado pela lesão da musculatura cervical e da escápula. De acordo com a Medicina Chinesa o torcicolo é entendido como uma síndrome BI (Síndrome da obstrução dolorosa), sendo o seu aparecimento relacionado com a invasão de: vento, frio e umidade na região afetada. Esses fatores patogênicos provocam uma estagnação de Xue e Qi nos tecidos moles e atingindo os canais: Du Mai , Pang guang, Da Chang, Xiao Chang, San Jiao e Dan

Pontos propostos para tratamento
Ponto correspondente ao local da dor
Shen men
Fígado
Baço
Bexiga

Referências
GARCÍA, Ernesto González. Auriculoterapia: escola Huang Li Chun. São Paulo: Roca, 1999.
O que é Auriculoterapia?

sábado, 22 de agosto de 2015

Tratando dor lombar com a Auriculoterapia

Palavras chave: auriculoterapia, dor lombar, pontos
É uma das queixas mais comuns nos consultórios espalhados pelo mundo. Quem nunca sentiu em algum momento de sua vida uma dar nas costas? A dor lombar pode ser causada dor diversos fatores, dentre eles: má postura, excesso de uso dessa musculatura, maus hábitos, debilidade muscular e etc...
Segundo García (1999)  a origem do problema está relacionado a estagnação de XUE e QI no local da lesão, entretanto, segundo Macioccia (1996), as dores na parte inferior das costas também podem estar relacionadas ao SHEN.

Pontos propostos para o tratamento (García, 1999)
Shemen
Lombar
Baço
Fígado.

Referências
MACIOCIA, Giovanni. A prática da medicina chinesa: tratamento de doenças com acupuntura e ervas medicinais. São Paulo: Roca, 1996.
GARCÍA, Ernesto González. Auriculoterapia: escola Huang Li Chun. São Paulo: Roca, 1999.
O que é Auriculoterapia?



sábado, 11 de julho de 2015

Auriculoterapia

Histórico
Segundo estudos, baseados em artefatos históricos descobertos em escavações,  desde a antiguidade a orelha já era utilizada em diversos tipos de tratamentos na Medicina Tradicional Chinesa. Entretanto a Auriculoterapia da forma que conhecemos hoje em dia teria surgido na década de 50 graças a estudos realizados pelo médico francês Paul Nogier, ele percebeu alcançou bons resultados no tratamento da lombalgia quando estimulava um determinado ponto da orelha, com o passar do tempo e com a evolução dos seus estudos ele conseguiu representar o corpo humano na orelha, indicando na orelha zonas que correspondiam a uma determinada parte do corpo. 
Essas pesquisas utilizadas dos Nogier chegaram ao conhecimento de médicos chineses, que através de um grupo de estudo, se aprofundaram nas técnicas da Auriculoterapia e acrescentaram os princípios filosóficos da Medicina Tradicional Chinesa a Auriculoterapia. Com isso se formaram duas escolas da Auriculoterapia, a escola Francesa e a escola Chinesa. 

Utilização
A Auriculoterapia auxilia no tratamento de diversas patologias, como por exemplo: dores no corpo, retenção de líquidos, problemas gastrointestinais, problemas respiratórios, problemas circulatórios, ansiedade dentre outros quadros. Entretanto é importante lembrar que ela atua como um tratamento auxiliar e que por si só não irá, em alguns casos, resolver o problema. Exemplo: a pessoa busca um tratamento que venha lhe ajudar a emagrecer: a Auriculoterapia vai ajudar a pessoa a controlar um pouco a fome e ajudar o seu corpo a funcionar melhor, porém se a pessoa não procurar um médico para saber se tem algum problema de saúde que está causando o problema, buscar mudar sua alimentação e adotar a prática de exercícios físicos; só a Auriculoterapia não vai resolver o problema.  

Referências
Horta, M. Curso de Auriculoterapia. Apostila, Rio de Janeiro. 2015